história
Elzyo 14 anos

Elzyo Silver nasceu Elzo José da Silva, na cidade de São Tomé, na Bahia. Elzyo não chegou a conhecer o pai, descendente de havaianos, que faleceu antes do seu nascimento. Veio com a mãe para São Paulo aos sete anos, e logo ingressou na Escola Adventista da Igreja Batista da Vila Mariana, onde conheceu a professora americana Miss Litha. Pessoa muito influente da sociedade paulista daquela época, ela deu a Elzyo as primeiras noções da língua inglesa. Aos nove anos, ainda incentivado por Miss Litha, ingressou no coral Gospel da Igreja Batista, onde já se tornava evidente o seu grande potencial de voz. Próximo de concluir o Primeiro Grau, aos treze anos de idade, Elzyo conheceu o Maestro Élcio Álvares, que de cara percebeu o talento do menino. Logo Elzyo interpretava músicas de vários cantores da época, como Roberto Carlos, Tim Maia, Jerry Adriani e até internacionais como Platters, Beatles, Johnny Rivers  etc. Em 1969, Elzyo foi presenteado pelo Maestro com um compacto simples que continha a música Kiss me Quick, um dos maiores sucessos de Elvis Presley. A identificação com Elvis foi imediata – como já esperava o Maestro, que lhe deu o disco exatamente por ter notado a semelhança com a voz do Rei.

Isto definiu os caminhos de Elzyo, que três anos depois adotou este nome artístico e, acompanhado de sua própria banda, passou a fazer shows calcados na obra de Elvis. Sua estréia foi em 1972, em uma boate em Karnaíba, cidade vizinha de Salvador, na Bahia. Nos quatro anos seguintes atuou como crooner de diversas bandas de baile, até que em 1976 resolveu adotar definitivamente um trabalho voltado a Elvis Presley. Ingressou então na escola de inglês CNA e dedicou-se a aprender a língua para aperfeiçoar suas interpretações. Depois de uma temporada de sucesso no salão do famoso Zé Lagoa até 1978, intensificou seus contatos e passou a conviver com várias pessoas influentes no meio artístico, tais como Marcos Roberto, Martinha, Wanderléa, Jerry Adriani, Terry Winter e muitos outros. Em 1983 lançou seu primeiro disco, um compacto simples com as faixas Can’t Help Falling In Love, sucesso de Elvis Presley, e Poor Me, de sua autoria, música que tocou bastante nas melhores rádios da época. Em 1984 e 1985 fez apresentações nas embaixadas dos Estados Unidos e África do Sul, e me 1986 teve várias participações no programa Perdidos na Noite, de Fausto Silva, então na rede Bandeirantes de Televisão.

a
Silver Band

Em 1987, Elzyo foi apresentado ao verdadeiro rei do rock brasileiro, Raul Seixas. Fã incondicional de Elvis Presley, Raul ficou alucinado quando ouviu Elzyo cantando - tanto que lhe pediu para gravar a canção Medo da Chuva em inglês. No dia seguinte Elzyo apresentou sua versão – Fear of the rain – no melhor estilo Elvis, que deixou Raul fascinado. Com a amizade que se estabeleceu, começaram a fazer planos de um trabalho conjunto, a versão de músicas de Raul para o estilo que tanto adorava. Em 1989, o Maluco Beleza tinha tudo acertado para produzir este trabalho na gravadora Copacabana quando, em 21 de agosto, faleceu subitamente.

Apesar do golpe, Elzyo persistiu em sua carreira. Em 1990 participou ao vivo do programa Matéria Prima na Rede Cultura de Televisão, que então era apresentado por Serginho Groismann. Serginho gostou tanto da apresentação que manteve Elzyo no palco por todo o tempo, tomando os dois blocos do programa. Nos anos seguintes Elzyo se apresentou em vários clubes de renome, tais como o Clube Athlético Ypiranga e o Clube Sírio Libanês, e também fez uma série de shows na Bolívia e no Paraguai. De volta ao Brasil, Elzyo teve uma grande temporada de shows nas famosas Noites do Terror do Play Center. Em 1997 Elzyo participou de uma produção para a gravadora francesa Sounden Records, cantando um medley de Elvis Presley e interpretando também uma de suas canções próprias, I’m Not Him, que fez sucesso na Europa. Em 1998 participou de uma coletânea da gravadora Copacabana, onde interpretou as canções It’s Now Or Never e Love Me Tender.

O Garimpo

Em 2001, sua carreira deu uma guinada histórica: Elzyo gravou a canção Strawberry of América - sua versão do hit nacional Morango do Nordeste para o inglês, ao estilo dos anos 60. Mesmo sem ter sido lançada em CD, a versão de Elzyo começou a correr mundo, atraindo a atenção no Brasil e em outros países.

Isto redefiniu os rumos da carreira de Elzyo, que descobriu assim a melhor forma de combinar seus inúmeros talentos – como compositor, cantor e arranjador – dando sua própria e rica interpretação a sucessos consagrados, sempre na grandiosa roupagem do início dos anos 60. De certa forma, Elzyo dá prosseguimento ao trabalho de seu ídolo Elvis, que se caracterizava por dar sua forte interpretação a músicas consagradas, melhorando-as e tornando-as sucessos ainda maiores. Ainda em 2001 Elzyo deu uma entrevista à revista Trip. A revista incluiu a faixa Strawberry of América no CD que acompanhava a edição, e isto resultou em uma vendagem de mais de 270.000 exemplares. A mesma Trip realizou uma pesquisa entre conhecedores de diversos países, os quais apontaram Elzyo como o melhor intérprete das canções de Elvis Presley em todo o mundo.

Em 2002, Elzyo Silver se apresentou em diversos programas de TV: no Programa Livre, comandado por BABI no SBT; no Caldeirão do Huck, de Luciano Huck, e no ótimo programa do Jô, ambos na Globo. No programa do Jô, Elzyo deu uma longa entrevista de quase 40 minutos, onde falou sobre sua história, sua carreira, deu palinhas de Kiss Me Quick e Love Me e terminou apresentando as canções Strawberry of América e Don’t Be Cruel.

<

Nos últimos anos Elzyo tem se apresentado em diversas casas noturnas, com destaque para O Garimpo, onde tem cantado regularmente. Enquanto isso, o criativo Elzyo dedicou-se a finalizar dois novos projetos. O primeiro deles, um CD de canções do repertório de Elvis em versão acústica, foi lançado em 2007 pela gravadora Brasidisc. São 15 músicas com inovadores arranjos acústicos, repletos de tempero latino. O segundo projeto, recentemente finalizado, é de outro CD com um mix de canções que Elvis nunca gravou, músicas do próprio Elzyo e ainda alguns sucessos brasileiros vertidas para o inglês – na “pegada do Elvis”, é claro. Este projeto consolida a nova fase da carreira de Elzyo, onde ele busca não somente ser o excelente intérprete de Elvis que já se conhece mas também divulgar no exterior muitas das ótimas criações brasileiras no estilo que ele domina tão bem.